segunda-feira, 9 de maio de 2016

Candidatos Ficha Suja

São inúmeros os candidatos ficha suja no Brasil, e de acordo com a Lei, ficam inelegíveis os candidatos que tiverem suas contas rejeitadas por ato intencional (ou “doloso”) de improbidade administrativa quando exerciam cargos ou funções públicas, ou que foram condenados por determinados crimes em órgãos colegiados.

No caso das contas, é necessária a comprovação de que a irregularidade seja incorrigível, ou “insanável” e que e o ato ilegal seja considerado como improbidade administrativa.


Também podem ser barrados os políticos que tiveram mandato cassado ou que renunciaram para escapar de processo de cassação. A palavra final se o candidato é “ficha suja” ou “fichalimpa” é da Justiça eleitoral, mas, o caso pode parar até no Supremo Tribunal Federal (STF).

A rejeição da candidatura não tira o político da corrida eleitoral e permite que ele siga com a campanha até a votação caso não tenham se esgotado todas as possibilidades de recurso, mas, caso a situação dele não for regularizada, seus votos serão considerados inválidos.

Porém, mesmo com a Lei Complementar 135/2010 em vigência, a maioria da população não possui conhecimento ou não tem acesso a informações que lhes diga quais os candidatos que não têm condições morais para exercer o cargo público pretendido.

Nesse sentido cabe aos meios de comunicação, auxiliar o povo para que possa escolher seus candidatos com segurança já que a mídia, é considerada um importante meio de conscientização do povo.

E a lei possibilita-se fazer uma “peneirada” em relação aos políticos que possuem ficha suja e assim dar condições a outros que ainda não tiveram oportunidade de mostrarem a sua capacidade de governar.

O que nos constrange é que esse tipo de saneamento não deveria ter sido feito através de uma lei, ou seja, os próprios partidos políticos, as entidades de classe e outras agremiações já deveriam ter em seu quadro, mecanismo que inibisse a candidatura de pessoas não idôneas.

Em 2016, os brasileiros participarão, mais uma vez, do real exercício da sua cidadania em um país democrático de direito, elegerão em todas as cidades do país os seus representantes municipais: o prefeito e os vereadores.

Muitos dos eleitores brasileiros ainda não conseguem entender a dimensão da importância que tem o seu voto, inclusive, muitos usam o voto como barganha, permuta, já outros não valorizam o voto, e não buscam conhecer os candidatos, não pesquisam a vida dessas pessoas e votam por simpatia ou por pedido de amigos.

Eleitor, faça valer seu voto! Veja mais dicas como essa no Kingo Labs do João.

segunda-feira, 25 de abril de 2016

Sexo anal é seguro?

Talvez influenciado pela indústria pornô, o sexo anal é um tema que está cada vez mais presente nas conversas entre amigos, namorados, parceiros etc. Muitos são os desejos, dúvidas e crenças relacionadas a esse tipo de sexo. E o que todo mundo quer saber é: sexo anal é seguro?

A resposta para essa pergunta não é tão simples de responder. Afinal de contas, tudo depende da forma como ele é feito. Portanto, o sexo anal pode ser uma forma segura de fazer sexo, sim!

Da mesma forma que o sexo vaginal pode trazer riscos à saúde de quem pratica, o sexo anal também pode. Por isso, os métodos de prevenção sempre devem ser usados, mas o sexo anal requer uns detalhes a mais.

Lubrificação

Diferente do canal vaginal, o ânus não é capaz de produz lubrificação por si só. Por isso, ao praticar sexo anal é necessário usar algum tipo de óleo lubrificante.

A lubrificação também é importante para prevenir que haja lesões ao redor do ânus causadas pelo atrito. Apesar disso, já foi comprovado que o sexo anal não é capaz de provocar hemorroidas, como dizem algumas pessoas.

Higiene

A higiene é importante para qualquer tipo de relação sexual, mas na relação anal podemos dizer que é bem mais importante. A falta de higiene pode provocar contaminações bacterianas e transmitir doenças, como as hepatites A e B. Por isso, também é extremamente importante o uso de camisinha para evitar que as bactérias do intestino entrem em contato com a uretra, provocando infecções uretrais ou urinárias.

E caso você ache anti-higienico, mas sua parceira insista em fazer anal, recomendamos o Libidmax.

Dores durante a relação

O sexo é bom porque é uma forma de sentir prazer, tanto para os homens quanto para as mulheres. Sentir um pouco de dor na hora da penetração pode ser algo comum, mas se a dor persiste durante o ato pode ser que algo esteja errado.

Procure entender sua parceira, afinal de contas, fazer sexo anal pode ser um pouco constrangedor para uma mulher e isso pode ser a causa das dores. Tanto o lado psicológico quanto o fisiológico dela podem atrapalhar durante o sexo anal. Sente e converse com sua parceira para saber se está tudo bem.

Dê prazer a sua parceira

Há um mito de que a mulher não consegue sentir prazer quando faz sexo anal. Isso é mentira. 

Inclusive tem mulheres que são capazes de chegar ao orgasmo. Para que ela possa se sentir satisfeita e aumentar suas chances de fazer novamente, você deve ser cuidadoso e não ter pressa. Saiba o que ela quer.

Tente entendê-la! Você deve deixar sua parceira relaxada para facilitar a penetração. Além disso, também é importante estimular o clitóris da sua parceira para que ela possa sentir tanto prazer quanto você, afinal de contas, o sexo anal é seguro sim quando bem feito.






Palio 2017: veja as especulações sobre o lançamento

O Palio 2017 deve chegar nas concessionarias da Fiat no Brasil, somente no final do ano, e para quem está esperando grandes mudanças, pode ficar um pouco desapontado, já que traz poucas alterações, uma delas é que sairá na cor branco Kalahari, e apenas, na versão Sporting!

Já nos itens de série do Palio 2017, vem incluídos em todas as versões, o ar-condicionado, a direção hidráulica, os vidros elétricos dianteiros, as travas elétricas, e também a chave canivete com telecomando.

A mudança externa ficou por conta dos faróis com canhões pretos, exceto a versão Way, que ainda, continua com faróis de máscara negra, também vem com o painel na cor cinza chumbo, e espelho no para-sol do lado do motorista.

A economia é um grande atrativo para o Palio 2017, já que consegue fazer 12,3 km/l na cidade, e 15 km/l na gasolina, e quando é abastecido com o etanol, a economia cai um pouco, 8,8 km por litro na cidade e 10,3 km por litro.


As versões a serem lançadas do Palio 2017 tem para todos os gostos e bolsos, conforme mostrados abaixo. Confira:

·       Novo Palio 2017 1.0 Flex 2P a partir de R$ 27.590;
·       Novo Palio 2017 1.0 Flex 4P a partir de R$ 29.920;
·       Novo Palio 2017 Way 1.0 Flex 4P a partir de R$ 31.190;
·       Novo Palio 2017 Attractive 1.0 Flex a partir de R$ 40.540;
·       Novo Palio 2017 Attractive 1.4 Flex a partir de R$ 42.740;
·       Novo Palio 2017 Essence 1.6 16V Flex a partir de R$ 47.130;
·       Novo Palio 2017 Sporting 1.6 16V Flex a partir de R$ 49.460;

O visual dentro do Novo Palio 2017 não sofreu muitas alterações também, mas, um item que pode fazer toda a diferença, é que em algumas versões, vem instalado o econômetro, um componente importante que  serve para mostrar como consumir menos combustível! Essa função provavelmente tem no fiat mobi.

O modelo mais sofisticado do Palio 2017 será na versão Sporting que vem com vidros e travas elétricas, rodas de liga leve, o volante é multifuncional e revestido em couro, assim, como os bancos, tem direção hidráulica, e ar-condicionado.

Veja alguns dados da ficha técnica do Palio 2017 em 3 versões

·       Motor 1.0, 73,0 cv (G) / 75,0 cv (E) a 6250 rpm
·       Motor 1.4, 85,0 cv (G) / 88,0 cv (E) a 5750 rpm
·       Motor 1.6, 115,0 cv (G) / 117,0 cv (E) a 5500 rpm


O Palio 2017 é um carro confortável para dirigir, tem preço atrativo, tem baixo custo de manutenção, e ainda, é econômico, por isso, é considerado um dos melhores da categoria!

O Qc Veículos, portal especializado em carros, possui uma página com todos os lançamentos de 2017, confira: http://www.qcveiculos.com.br/tag/carros-2017/

segunda-feira, 18 de abril de 2016

O que é FPS?


FPS quer dizer Fator de Proteção Solar, ou seja, é um tipo de medida utilizada exclusivamente pelos laboratórios que fabricam filtros solares, é o grau de proteção máxima contra queimaduras do sol conforme o fator anunciado no rótulo do produto.

Para não haver dúvidas, quanto mais alto o valor do FPS indicado, maior é a proteção que oferece contra a radiação ultravioleta, a principal causadora de queimadura solar, conhecida também como raios UV.

O interessante é que muita gente acredita que basta escolher um filtro solar que tenha um alto FPS, para estar com a pele protegida contra as queimaduras causadas pelo excesso de sol, só que na realidade, o fator de proteção solar deve ser comprado de acordo com a tonalidade da pele, por exemplo, para as peles mais claras, o indicado é usar um filtro solar com um FPS ​maior, já para as peles mais escuras, basta usar com FPS menor, talvez, por isso, é que o fator de proteção mais alto é também mais caro!


Entenda melhor como funciona o FPS

O FPS demonstra por quanto tempo a pele estará protegida contra os raios ultravioletas. No caso de uma pele que em apenas 5 minutos já pode começar a ficar avermelhada, ao passar o protetor com FPS 15, a pele estará protegida 15 vezes a mais (entenda mais sobre isso na página do liftx)

Para fazer esse cálculo aproximado, é preciso apenas multiplicar o FPS escolhido, por exemplo, 15, pelo tempo em que a pele consegue ficar exposta ao sol, antes de começar a sofrer queimaduras, no caso acima seria de 5 minutos.

Então, é só multiplicar 5 X 15= 75, isso significa que essa pessoa está realmente protegida por apenas 75 minutos, o ideal então, seria passar novamente após esse tempo.

É importante frisar que embora exista filtro solar com FPS 60, não significa que seja quatro vezes mais poderoso que o FPS 15, na realidade protege apenas por quatro vezes mais tempo!

De qualquer maneira, é necessário sempre usar um protetor solar de acordo com o tipo de pele, portanto, não é indicado a família inteira usar o mesmo FPS, visto que cada pessoa tem um tipo de pele diferente, enquanto algumas já são mais bronzeadas pelo sol, outras não, sem falar das crianças que necessitam um protetor solar com FPS especial!

Mesmo assim, o FPS protegerá a pele apenas se for usado corretamente, para isso, é necessário aplicar uniformemente em todo o corpo, e reaplicar a cada 2 horas de exposição ao sol, ou, após sair da piscina ou do mar!

Tecnologia do Blogger.